sexta-feira, 19 de novembro de 2010

JOSUÉ, UM LÍDER ESCOLHIDO POR DEUS.

“E chamou Moisés a Josué e lhe disse aos olhos de todo  o Israel: Esforça-te e anima-te, porque com este povo entrarás na terra que o Senhor jurou a teus pais lhes dar; e tu os farás herdá-la”(Dt 31.7)


*_Escolhido para suceder Moisés (Dt 31.7, 14, 23). Embora Deus tenha escolhido Josué desde o ventre de sua mãe para cumprir seus santos desígnios, a mudança de seu nome sugere-nos que sua escolha para sucessor de Moisés, deu-se em razão de seu bom caráter e de suas habilidades de liderança para conduzir Israel à Terra Prometida
     No momento em que Deus ordenara a Moisés “chama a Josué”(v.14), iniciou-se a preparação de mais um grande líder de Israel. Josué foi um fiel servidor, por isso Deus lhe honrou com uma posição tão distinta.
*_A preparação de Josué para dirigir o seu povo.Os métodos de preparação de um líder para Deus são diferentes dos do mundo. Os sistemas mundanos preparam seus líderes levando em conta meramente suas habilidades intelectuais, humanas; enquanto que a preparação de um líder para os assuntos do reino de Deus depende dos critérios e dos motivos divinos. A proeminência de Josué em Israel ocorreu somente depois de muitos anos de fidelidade, tanto ao Senhor como a Moisés, o líder que lhe ensinara o caminho de um governo eficaz. Moisés ensinou a Josué a depender totalmente da direção de Deus em todas as circunstâncias de sua vida.
*_ Os desafios que Josué enfrentou na sua preparação.Até assumir a liderança de Israel, Josué foi desafiado em várias circunstâncias enfrentando diversos obstáculos, os quais lhe deram condições de aprender a lidar com as adversidades. Ao longo da caminhada para Canaã o corajoso líder experimentou a aridez dos desertos causticantes, a falta d’água, de alimentos básicos, sem falar nos enfrentamentos com povos hostis. Essas experiências ensinaram-lhe a depender de Deus e a respeitar a liderança de Moisés.
      Houve momentos em que Moisés precisou de homens capazes e corajosos para ajudá-lo a combater, por exemplo, os amalequitas no deserto de Refidim. Foi então que o grande profeta incumbiu a Josué de escolher homens para o combate ( Ex 17.8,9). Amaleque não resistiu e foi derrotado!
      Escolhido por Moisés (Num 11.28), Josué também foi um dos doze espias enviados a esquadrinhar a terra de Canaã (Num 13.8-16). De lá, apenas Josué e Calebe trouxeram notícias positivas ao grande líder de Israel (Num 14.6-30)

REFLEXÃO.

“ Os valores de um bom caráter,
Tais como abnegação, integridade
E honestidade, são imprescindíveis
À vida de um líder.”

JOSUÉ, UM LÍDER CONFORME A PROVIDÊNCIA DE DEUS.

*Josué secede a Moisés  depois de sua morte (Dt 34.7-9) Com a morte de Moisés, Josué enfrentara o grande desafio de conquistar a confiança do povo e substituir aquele que os liderara segundo a sábia vontade de Deus. Josué era o homem que o Eterno buscava para dar continuidade à obra de redenção de Israel. Os lideres que Deus levanta passam, mas o seu povo jamais fica abandonado ou à mercê da própria sorte. O Altíssimo sempre prepara outros para sucederem os que vão passando (Js 1.1-9)
* Josué, usado por Deus como um canal de bênçãos para o seu povo. A lição que aprendemos neste edificante relato é que Deus usa seus servos para cumprir seus eternos propósitos. A despeito de ser um homem simples do povo, José tornou-se um instrumento divino para conduzir Israel à Terra Prometida. Em nenhum momento  Josué deixou de reconhecer que Deus sempre esteve no controle de tudo. Ele nunca tentou tomar para si a glória que pertence somente a Deus. Josué entendeu perfeitamente que as águas do Jordão só se abriram pelo poder do Eterno, e que não foram suas estratégias militares que fizerem ruir os muros de Jericó (Js 3; 4;6). Assim como Deus usou a Josué, também pode e quer usar-nos em sua obra. Só depende de nossa fidelidade e compromisso com Ele.

      QUALIDADES DO CARÁTER DE JOSUÉ (ÊX 17.8-15)
Dentre as muitas qualidades morais e espirituais que pontuam a vida e a história de Josué, três são imprescindíveis àqueles que desejam exercer liderança na igreja:

*Obediência. Porque era obediente a Deus, Josué também foi um “servidor obediente” ao seu líder (Ex 17.9,10;24.13). Obedecer por amor, equivale à verdadeira submissão, isto é, colocar-se sob a autoridade de alguém. O verdadeiro líder, apesar de reconhecer sua autoridade, nunca age isolada e presunçosamente. Josué aprendei bem cedo que o sucesso de seu ministério dependeria de sua obediência a Moisés, seu líder, e à Palavra de Deus (Js 1). Ele sabia que no tempo apropriado Deus o honraria como líder principal de Israel.
*Fidelidade. Josué tinha um caráter íntegro, por isso, pode manter-se leal a Deus e a Moisés. Ele assumira um compromisso de fidelidade que o tempo não conseguiu abalar. Fidelidade ou lealdade é uma qualidade moral de Deus (Tg 1.17). Paulo nos ensina em 2 Timóteo 2.13 que a fidelidade de Deus é o corolário da sua auto-coerência. Moisés, em seu belíssimo cântico, antes de morrer (Dt 32.4,15,18), ilustrou a lealdade divina valendo-se metaforicamente da “rocha”, isto é, “Ele é a Rocha” em que se ode confiar.
   Josué aprendeu a confiar na fidelidade divina, logo, em tudo que fazia, sua fidelidade era demonstrada em atitudes firmes no cumprimento das alianças feitas com Deus e dos seus mandamentos (Dt7.9)
*Caráter ilibado. Na liderança, o bom caráter é determinante para o sucesso de qualquer empreendimento. Em diversas situações Josué soube manter o equilíbrio e assim não quebrar os princípios aprendidos com o mundo interior de motivos e valores morais que moldam nossas ações. É, na verdade, o elemento delimita dor absoluto da qualidade da nossa liderança. É ele que fortalece nossas capacidades enquanto as mantêm sob controle. O caráter faz distinção entre os que administram bem o poder e os que abusam dele. Os valores de um caráter cristão ideal, tais como piedade, abnegação, integridade e honestidade, são imprescindíveis à vida de um líder cristão.
         

                                           CONCLUSÃO

Deus, ainda hoje, continua chamando e capacitando homens e mulheres que estejam dispostos a se submeterem por amor à sua santa vontade, a fim de liderar a sua igreja, conduzindo-a ao seu destino final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário